TOR

TOR (TÁTICO OSTENSIVO RODOVIÁRIO) ACABA DE APREENDER CENTENAS DE BARRAS DE ENTORPECENTES EM CASTILHO/SP, POR DEDUÇÃO MAIS DE 700 QUILOS QUE POSSIVELMENTE DESTRUIRIAM FAMÍLIAS E PESSOAS EM NOSSA REGIÃO!

Quando há registro de ocorrência de vulto, como a que segue, envolvendo Policiais Rodoviários às vezes fala-se no resultado, como se o criminosos ou a droga apreendida fossem os heróis da notícia. Fala-se do fato sem sequer ter a sensibilidade, de apresentar em que, implica, algo tão peculiar como o tirocínio de um agente da Lei, que envolto em suas experiências, treinamento e dedicação, se torna capaz de analisar situações corriqueiras, e delas discernir um crime grave, como o ocorrido ainda ha pouco no início da manhã na cidade de Castilho.

Realizar patrulhamentos e operações em todos os níveis policiais é algo considerado, rotineiro ou quem sabe tradicional, sem grandes novidades aos olhos de um leigo. Montar o cerco ou funis, para realização de averiguações, não é de fato necessariamente algo que exija uma mente acima da média, até porque neste caso estamos falando de logística e não de capacidade. Mas não é para isto que lhes chamo a atenção!

Refiro-me a equipe de policiais, que com uma expertise acima da média dedicam-se à uma das artes mais sensíveis e desconcertantes que é, cuidar de algo que não lhes pertence, em nome de quem muitas vezes nunca mais verão e como se não bastasse, correndo o risco de serem abatidos de maneira injusta sem sequer poder ver o crescimento de seus filhos ou o envelhecimento de seus pares. Pares estes que muitas vezes sequer suportam a doutrina de horários e revezes que quase sempre os afasta de seus lares.

Falo da capacidade assertiva quase super-humana de enxergar no meio de milhares de veículos em deslocamento, sempre atrasados e apressados, para chegar logo a seus destinos, que aos olhos de um leigo não tem nada que os defira dos demais. E é nesse momento que eles entram na estratagema efêmera da vida agitada da criminalidade, localizando e apreendendo, bem como prendendo em flagrante, criminosos e produtos de crime que tantos prejuízos trazem a esta sociedade já desalentada porém esperançosa de boas notícias, como esta! Tirar de circulação centenas de quilos de drogas talvez mais, é sim motivo de esperança, são menos milhares de porções nas ruas, destruindo pessoas.

Sim! É deste estilo de profissionais a que me refiro nesta matéria, é sobre esses heróis anônimos a que me refiro, que ainda que, no cumprimento de suas obrigações profissionais, estão cumprindo uma praxe, exclusivamente destinada a eles, que por ideal escolheram ser Policiais Rodoviários, e nas imensidões de terras e asfalto levam em sua farda a esperança de fazer jus á confiança neles depositada.

Foi hoje pela manhã, quinta-feira, 01 de agosto, no município de Castilho-SP, durante o desencadeamento da Operação São Paulo Mais Seguro, que equipes do TOR da 4ª Cia/2° BPRv abordaram um veículo Ford/KA, placas de Belo Horizonte-MG. Durante vistoria foram localizados centenas de tijolos de maconha acondicionados em todo interior do veículo, bem como no porta-malas, um recheio de toda a lataria.

O condutor do veículo, A.R.M.S, 55 anos, morador de Ponta Porã-MS, declarou que pegou o carro carregado de droga na sua cidade e o levaria para São Paulo-SP. Disse ainda que receberia 15.000,00 pelo transporte. O veículo de propriedade de uma locadora encontra-se com queixa de apropriação indébita ( A apropriação indébita é um crime em que uma pessoa pega para si algum bem que pertence a outra pessoa. Nesse crime o agente (quem comete o crime) usa ou pega si um bem que não é seu ou tira algum proveito dele causando prejuízo ao verdadeiro proprietário.

A ocorrência em andamento esta sendo apresentada na Delegacia Seccional de Andradina, onde o condutor após oitiva seguirá preso à disposição da justiça por tráfico internacional de drogas, o veículo após periciado, deverá ser restituído á empresa de locação. Este resultado da Operação São Paulo mais segura através do Tático Rodoviário, leva prejuízo ao tráfico e gratidão da população de bem, a esses heróis incansáveis. A sociedade, não suporta mais pagar pelas sequelas do tráfico e da dependência química!

Por Marilene Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Show Buttons
Hide Buttons