ROCAM

DUPLA SE MUDA PARA TRAFICAR EM BIRIGUI E VAI MORAR NA CADEIA

Até parece nome de musica sertaneja, mas é fato ocorrido em Birigui no final da tarde desta segunda-feira 24 de junho, durante patrulhamento de rotina da ROCAM equipe Cabos Wesley e Aiglo. Estão querendo exportar traficante para Birigui aqui a PM está de olho vivo.

Presos por Tráfico e Associação para o tráfico, L chegou no último final de semana para visitar o amigo J pela rua Tamoio, para onde havia se mudado havia duas semanas. Se deram muito mal ao pensar que traficariam aqui, ainda por cima tentarAm fugir da ROCAM e se desfazer da droga que estavam vendendo. O Povo de Birigui, deu basta ao tráfico de entorpecentes e a limpeza está sendo feroz.

Os cursos de reciclagem ministrados aos policiais da 4ª Cia de Polícia Militar de Birigui, bem como as ações internas do Comandante Capitão Rovina, tem surtido efeito dominó. Há varias semanas que todos os dias estão sendo realizadas prisões em flagrante, em ações extremamente espetaculares. As novas técnicas aplicadas tem surpreendido até aos mais ousados.

Quando os ROCAMs adentraram a rua Tamoio perceberam os vultos correndo para dentro de uma residencia, sendo dispensado objeto no trajeto. Desembarcados os policiais os seguiram, vindo a abordá-los realizando busca pessoal.

Um trazia consigo duas 2 pedras de crack, 2 pinos de cocaina e 48 reais em dinheiro. Já com o segundo indivíduo o J., foi localizado apenas 1 aparelho celular, o objeto dispensado tratava-se de um paliteiro contendo em seu interior 54 pedras de crack embaladas para venda, idênticas as que estavam no bolso de L.

Nesse momento já havia sido acionado apoio das equipes do Cabo Ilan e Soldado Aragão, Sargento Zodir e Soldado Gross, realizando busca na residência onde na sala dentro de um pote foram localizadas 8 pedras brutas de crack que ainda seriam trituradas; Em um quarto dentro da bolsa do visitante J. localizaram um pote de bala com 30 pedras de crack desembaladas.

Contra fatos não há argumentos, com todas as provas materiais do crime de tráfico, mais o dinheiro a dupla foi cientificada de seus direitos constitucionais, sendo em seguida apresentados a autoridade policial que após oitiva das partes e testemunhas veio a ratificar a prisão em flagrante em desfavor dos dois que, ficaram a disposição da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Show Buttons
Hide Buttons