ROCAM

ROCAM Birigui, prende em flagrante por furto mulher que já era procurada da Justiça

Já considerados como Super Heróis por grande parte da população, atraindo a atenção de jovens, adultos e crianças a equipe da ROCAM, (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas), tira mais uma fora da Lei de circulação.

A empatia conquistada pela Polícia Militar junto a população nos últimos tempos em Birigui é impressionante, haja vista que a cada dia, mais pessoas tem ido de encontro às viaturas para realizarem denúncias bem como pedir ampliação de patrulhamento em algumas áreas de maior vulnerabilidade, respondendo com prisões e capturas que trazem maior sensação de segurança a população.

Muito tem se falado da maneira como o Comando da 4ª Cia de Polícia Militar de Birigui, através do Capitão Rovina trouxe uma forma diferenciada de interação entre a PM e a população. Basta acompanhar os números de ocorrências onde denuncias de populares tem levado as equipes à prisão de criminosos, bem como tem auxiliado nas informações que levam a localização e captura de criminosos condenados e foragidos ainda no convívio da sociedade.

No final da tarde desta quinta-feira (06/06), houve mais uma prisão em flagrante, a terceira efetuada pela equipe dos Cabos Wesley e Aiglo com apoio do Sargento Prando e Cabo Figueira em menos de 48 horas.

O tirocínio dos Motopoliciais, fez mais uma vez a grande diferença quando realizavam patrulhamento de rotina pela cidade. Ao avistarem uma antiga conhecida da Polícia identificada como R., autora de vários furtos pela Cidade, carregando uma bolsa de tecido .

Ao abordá-la, no interior da bolsa localizaram duas caixas de Gillette Mach 3, contendo 8 unidades cada, um frasco de 100 ml de óleo condicionante para cabelo, um aparelho de barbear com 3 unidades e dois Sabonetes Líquidos.

Questionada sobre os objetos ela confessou que havia acabado de furta-los na Droga Raia e no Supermercado Amigão. Em consulta de seus dados pessoais jun to ao Copom constou haver contra ela Mandado de Prisão em aberto pelo Crime de Furto, com pena de 1 ano e 4 meses.

Feito contato com as vítimas que ainda não haviam notado o furto dos objetos, eles verificaram as marcas e etiquetas constatando serem dos respectivos comércios. Diante da confirmação da prática delituosa bem como o mandado em aberto, foi dada voz de prisão a fora da Lei, sendo Conduzida junto com os objetos ao Plantão Permanente da à Delegacia de Policia Civil, onde ficou Presa e a Disposição da Justiça.

Por Marilene Gonçalves

Imagens arquivo Pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Show Buttons
Hide Buttons