BASTA

ROCAM BIRIGUI OUVE A POPULAÇÃO E NÃO DA TRÉGUA AO TRÁFICO, DENUNCIA DE FURTO EM ANDAMENTO EQUIPE PRENDE MAIS UM TRAFICANTE

Não ficou confusa a informação, o que ocorreu na noite desta sexta-feira (14/06), foi uma denuncia de furto a residência ocorrido pelo Bairro Canaã. A informação foi passada via rádio pelo COPOM a todas as viaturas de serviço.

A equipe da ROCAM composta pelos Cabos Wesley e Aiglo, seguiram em patrulhamento com vistas a prováveis suspeitos com as mesmas características passadas. Ao adentrarem a Rua Ismael Ajaj Mansour,
os ROCAMS perceberam um indivíduo com características semelhantes as irradiadas.

Ao seguirem de encontro ao indivíduo, ele pareceu ver assombração, disparou em fuga desesperada, vindo a entrar em uma residência. Todos já sabem, ninguém foge da Polícia Militar. Em seguida o fujão foi alcançado, abordado e submetido a revista pessoal, sendo que não encontraram nada de irregular com ele.

Como o tirocínio desses policiais vive a flor da pele, decidiram através de diálogo objetivo conversar um pouco mais, haja vista que ele já era conhecido nos meios policiais. Como na fuga ele adentrou a residência, quando questionado porque havia entrado ali, ele disse ser sua residência.

Os representantes da Lei e da Ordem perguntaram se por ventura havia algo de ilícito no local para evitar perda de tempo, o que ele de imediato negou. Garantil não haver nada de irregular, já que ao ser abordado o mesmo dispensou um aparelho celular na casa vizinha, depois informado que seria de sua prima. Falso, dissimulado, esqueceu que estava falando com a ROCAM.

Como Diante de sua afirmação a equipe acionou apoio, quando fizeram revista na casa e acreditem, tinha sim, ilícito guardado, mas, “a casa caiu” como sempre acontece com os foras da Lei e mentirosos.

Em um vaso de plantas foram localizadas 32 porções de crack embaladas em plastico filme prontas para venda e outra porção maior, parte de um tijolo da mesma droga.Como diante de fatos não há argumentos, depois de proferirem os direitos constitucionais ao individuo, ele recebeu voz de prisão em flagrante por Tráfico de Entorpecentes, sendo ainda localizado valor em dinheiro que também foi apreendido.

Diante do flagrante, objetos apreendidos e homem preso, todos foram apresentados a autoridade policial no plantão permanente da Polícia Civil, quando após ouvir as testemunhas e o preso, o Delegado ratificou a voz de prisão em flagrante por Tráfico de Entorpecentes, ficando o mesmo à disposição da Justiça.

Se condenado ele pode pegar de 8 a 15 anos de prisão. Quanto ao furto o mesmo não foi reconhecido pela vítima que surpreendeu os indivíduos no local, porém eles correram e já estava escuro.

Por Marilene Gonçalves

Fotos colaboração

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Show Buttons
Hide Buttons