ANDRADINA

PM DE ANDRADINA APREENDE ADOLESCENTE POR TRÁFICO NO PEREIRA JORDÃO

Por Andradina o Referido bairro Pereira Jordão conhecido em toda a mídia nacional por sangrenta guerra de gangues envolvendo este e pelo menos outros três bairros da cidade, há mais de uma década. Com ações repressivas e preventivas um grande trabalho de combate ao tráfico e à criminalidade vem sendo travado naquela cidade.

Conforme a equipe, nos últimos meses a participação da população tem auxiliado a ação policial no combate ao tráfico de entorpecentes pela região, possibilitando as incursões de sucesso que têm culminado com a retirada de quantidade expressiva de entorpecentes bem como de traficantes, de todas as idades e status social, de circulação, beneficiando sempre ao cidadão de bem.

Depois de receber várias denúncias que davam conta da atuação de um adolescente pelo Bairro Pereira Jordão, na comercialização de entorpecentes. Em patrulhamento de rotina, a equipe composta pelos Sargentos Lucato, Oliveira e Cabo Coutinho patrulhavam com vistas à pontos vulneráveis de Tráfico quando acessaram a Rua Professor Hélio Prececin, naquele bairro.

Na chegada a primeira pessoa com quem se depararam foi exatamente o adolescente já denunciado pela prática criminosa de tráfico. Ao avistar a viatura o menor reagiu como se tivesse visto assombração, ficando desorientado. Desembarcada a equipe o abordou para averiguação de praxe.

De imediato foi localizado um aparelho celular, Iphone, ele ainda aparentava extremo nervosismo, quando foi questionado se havia algo de ilícito em sua residência e caso quisesse ser sincero, poderia facilitar a situação em seu próprio benefício. Inicialmente ele negou veementemente, mas quando novamente questionado se preferia falar a verdade ou que a equipe descobrisse indo até lá, ele se prontificou a falar.

Resolveu dizer então que em casa havia algumas pedras de crack, levando-os até lá e mostrando onde estava. Sobre o colchão de sua cama ele mostrou uma pochete contendo 26 pedras de crack embaladas, além de outras quatro somente partidas, pois ainda seriam embaladas posteriormente.

Em uma mesinha foi apreendida uma balança de precisão, na estante dentro de um porta jóias havia R$50,00 em espécie composto por notas menores, questionado sobre os ilícitos ele disse tê-los adquirido de um estranho em Três Lagoas/MS, pelo qual havia pago R$ 200,00. Disse ainda que por estar desempregado, o lucro auferido seria para auxiliar nas despesas de casa.

Diante das apreensões bem como por ter assumido a venda da droga, por se tratar de adolescente foi acionada a responsável por ele no caso a avó, que acompanhou toda a movimentação policial, bem como a apreensão e encaminhamento do neto até a Delegacia de Polícia Civil onde foi ratificada a apreensão por Tráfico de Entorpecente, ficando o mesmo à disposição da Justiça.

Por Marilene Gonçalves

Imagem meramente ilustrativa retiradas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Show Buttons
Hide Buttons